Nossa historia

Domingo: Mamãe e Papai (sunday: mom and dad)

Meu papai está usando uma garrafinha de água como mamadeira para mim. Eu não tenho forças nem apetite para comer. Meu estômago não quer digerir a comida. Meu sangue não tem vontade de absorver os nutrientes. Eu me sinto cada vez mais fraca. Eu mal consigo andar, porque meu corpo está muito pesado para minhas pernas cansadas. Mas mesmo assim, eu vou conseguir fazer papai e mamãe se entregarem ao amor outra vez!

Minha mamãe me pega no colo, daí ela e papai abrem a minha boca e colocam a sopinha em minha garganta. Só assim para eu comer um pouco e me hidratar. Não é tão ruim… o chato é não sentir fome. Às vezes a sopa tem gosto amargo de remédio… arhg!

Depois do almoço, mamãe me deu um banho tão gostoso! Agora me sinto tão melhor, mais leve. O mal-estar passou, apesar de eu continuar cansada. Mas adoro meu cheirinho de depois do banho. Estava até desanimada com meus pêlos já sujos. Obrigada, mamãe! Fora o calor, né? Agora me refresquei e mamãe até colocou meu lacinho no cabelo, assim minha franja não cai sobre meus olhinhos. Quero ver tudo o que acontece entre papai e mamãe, mesmo que deitada daqui de onde estou.

Mamãe e papai estão no sofá agora. Meu sofá, quero dizer. Mamãe deixa um colchão de casal no chão da sala de estar especialmente para mim, mas eu os deixo usá-lo também. Papai simplemente ama esse tipo de sofá! Eu estou aqui no chão, só observando. E vejo os dois no sofá, mas muito distantes um do outro. Eles deveriam estar abaraçadinhos! Eu vou corrigir isso é já! Ufs…

Com um esforço extra, consigo ficar de pé e andar para subir no sofá. Minhas pernas quase não suportam meu peso e pareço um cachorro velho e descadeirado andando. Mesmo assim, persisto e fico em frente à mamãe. Olho para ela, ainda de pé: “olha, mamãe, é assim que se faz!”. Então, eu dou mais alguns passos, com forças tiradas não sei de onde, até meu pai e deito apoianda a cabeça em sua perna. Olho fixamente nos olhos de meu papai: “papai, por favor, cuida bem da mamãe! Eu cuidei dela por todos esses quatros anos… ensinando-a sobre o amor, sobre se relacionar amando incondicionalmente e sem esperar algo em troca, preparei seu coração para receber o amor que somente um homem especial como você poderia entregar-lhe. Quando nós dois nos conhecemos, logo percebi que você é quem continuaria em meu lugar, cuidando e ensinando a mamãe. Vocês dois têm um coração puro e podem aprender muito um com o outro. Nem sempre vocês dois sentirão a energia do amor e todas suas benesses; às vezes, passarão por situações tensas e estressantes, pois isso faz parte do aprendizado de vocês. Papai, por favor, prometa-me que não deixará que esses percalços acumulem energias negativas em seus corações; prometa-me que cuidará do asseio mental e emocional seu e de mamãe; prometa-me que sempre respreitará a mamãe; prometa-me que irá tratá-la com carinho e não deixará faltar palavras afáveis entre vocês; amem incondicionalmente! Eu, que sou apenas uma cachorrinha, sei amar incondicionalmente; vocês, humanos, deveriam saber muito melhor que eu. Por favor, papai…”.

À noite, mamãe me alimentou novamente. Senti-me saciada dessa vez. Depois, ela me colocou para dormir no meu cantinho que eu sempre adorei, ao lado da sua cama, no quarto. Ela apagou as luzes e foi para a sala assistir a um filme com o papai. Eu sei que agora eles estão abraçadinhos. Posso ouvir os beijos deles! Eu sempre ouço tudo o que eles fazem de amor. Estou em paz agora.

Vejo que mamãe e papai não estavam bravos um com o outro. Eles nunca deixaram de se amar todo esse tempo. Papai apenas estava coberto por for com uma preocupação racional excessiva… e mamãe estava ansiosa demais.

Papai, deixe sua preocupação ir embora. Você e sua mãe irão se resolver logo. Isso está apenas envenenando sua alma. Tenha paciência para deixar o tempo transformar as emoções intensas em estrelas que iluminarão a vida de vocês dois. Você só precisa colocar para fora suas emoções, pois elas estão indigestas dentro de si. Não as guarde mais para si, nunca mais! Liberte sua mente e seu coração dessas correntes! A vida dos humanos seria tão mais fácil se vocês aprendessem como lidar com cada emoção que existe dentro de si.

Mamãe, muito obrigado por receber meu amor. Eu a amo incondicionalmente! Como eu estava com medo, você sempre percebia imediantamente; quando eu estava carente, você sempre me acariciava; quando eu estava com fome, você sempre me dava comida (sua comida é a mais gostosa do mundo, mãe!); quando eu estava feliz, você sempre brincava e comemorava comigo!

Hoje vocês dois cuidaram de mim com tanto amor e ternura. Eu deixo esse corpo sem dor alguma. Ao contrário, parto levando apenas carinho, amor e gratidão para a outra vida. Todos os seres vivos deveriam ter pais como vocês!

Mamãe, minha missão aqui terminou. Eu a ensinei tudo o que podia. Tenho certeza que você aprendeu direitinho! Por favor, não fique muito triste… minha respiração está calma, agora. Eu sei que você e papai serão muito felizes e tenho certeza que o amor de vocês é muito mais forte que qualquer ansiedade.

Obrigada, mamãe, você me deu tudo o que eu precisava para ir em paz. Agora eu irei apenas fechar meus olhinhos…

(my daddy is using a bottle of water as baby bottler for me. I do not have strengh to eat. My stomach do not have strengh to digest the food. My blood do not have the strengh to absorb nutrients. I feel more and more weak. I cannot even walk, because my body is to heavy for my tired legs. However, I will succeed on making mom and dad loving each other again!

my mom catch me on her lap, than she and daddy open my mouth and squeeze soap at my throat. It is not that bad, but I do not feel hungry… Sometimes, the soap tastes bitter, like medicine. Argh!

after lunch, mom bathed me. Now I really feel good! It was so hot, so hot, and I was already a little dirty. Mom knows I hate be dirty. She brushed my hair and put me a beatiful pink and blue tie. Mom left me lying down because I am so tired…

mom and dad are on the couch. My couch, I mean. Mom leave the mattress on living room floor just for me, but I let them use it. Daddy just loves this type of couch! I am here at the floor, but I feel they both are too away from each other. They should be hugging. With an extra effort, using forces coming from do not know where, I standed up and walked, swinging like an old dog, hoping be strongh enough to achieve them. I climbed the couch, stared at mammy: “look, ma, this is how you should do!”. Then, I laid down on daddy’s leg and stared him: “daddy, please, take care of mom! I have watched for her all these four years… now, it is up to you. Please, promise me you will always be kind to her as you have been with me. All love and care that you are giving to me… give to mammy. It is so easy. Even I know how to do and I am just a dog. You, humans, should know much better than me. Please, daddy…”

at night, my mom fed me again and put me to sleep alongside her bed. She turned off the lights and are watching a movie with daddy. I know they are hugging each other. I can hear their kisses.

now I see, daddy, mammy, you were not mad each other. In your hearts, you both have loved each other for all this time. Is just outside that daddy is covered by an excessive rational concern… Daddy, please, let it go away. This concern about your mama is poising you. Do not fight back, because each time you punch it, you just give it more energy. You need to vomit everthingh boring you in order to conquer your inner peace again. It is just indigestible for you… do not try to keep all this horrible feeling inside you. Relieve your mind and your heart. Human life would be so easier if you all respect each other, love each other and learn how to deal with every emotion inside yourselves.

mammy, thanks so much for receiving my love. I love you unconditionally! When I as afraid, you always perceived immediately; when I was needy, you always fondle me; when I was hungry, you always fed me (your food is the best, mom!); when I was happy, you always played with me.

today you both took care of me with so much love and endearment. I leave this body with no pain at all, instead, I will carry only affection, love and gratitude to the other life. Every living being should have parents like you!

mom, my mission here is now over. I have taught you everything I could. I am pretty sure you learned well and fast. Please, do not get so sad… My breath is calm, now. I see you and dad happy and I am sure our love is stronger than the longing. Thanks, mom, you gave me all I need to go in peace. I will just close my eyes…)

pan_05

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s