Crônicas

Sonho: aeroporto e cidade

Hoje tive um sonho bastante gostoso. Lembro que era sequencial, mas na consciência ficaram cenas cuja linha narrativa se perdeu na noite.

O local era uma cidade, pequena, com ares de interior europeu: não havia muro cercando as construções, em sua maioria; havia muito verde, as calçadas e caminhos eram asseados e as pessoas dividiam o espaço público sem medo um do outro.

O aeroporto era o ponto mais sofisticado e tecnológico da cidade. Ficava no ponto mais alto da região. Havia muito movimento em seu entorno. Quando eu e a Lih chegamos na cidade por ele, nos ofereceram transporte até o hotel, mas fomos a pé. Levava uma mala com rodinhas. Com o aeroporto à nossa esquerda, viramos à direita num cotovelo de 180 graus e descemos uma escada. Tudo era agradável. A escada dava num pequeno túnel, como desses que passam debaixo de uma estrada. Havia algum comércio, algumas luzes acesas (mesmo estando de dia) e, continuando através dele, logo já saímos em outra rua. Acabamos por chegar no hotel.

Como se estivéssemos dentro do hotel, havia terminado uma conferência ou uma aula. Os cômodos continham muita madeira, marrom, nova e bem-cuidada. Na saída, serviram um coffee break. Devo ter comido bastante, pois tinha uma sensação de completamente saciado, entupido até. Bebi muito suco, pois era natural da fruta. De maracujá. Acho que peguei uma jarra só para mim! O palestrante conversou conosco e saímos.

Estávamos num quarto. Havia três lugares para se sentar: talvez uma cama, um sofá e uma poltrona. Não lembro exatamente os móveis. Da maneira que a cena foi vista por mim-sonhador, do lado direito estavam os móveis de sentar, do lado esquerdo um ármario embutido com uma televisão e um videogame. A porta ficava do lado esquerdo, bem no canto, à esquerda de quem olhasse para a televisão. Na poltrona do meio, estava eu com uma mulher mulata no meu colo. Nós dois jogávamos videogame. À minha direita, na cama de solteiro (talvez), estava a Lih. Jogávamos videogame, fixos na tela, mas prestávamos atenção à Lih também. Quando eu e a mulata no meu colo trocamos carícias, beijinhos e chamegos, a Lih reclamou (até então ela estava de boa). Ela se levantou, um tanto indignada. Eu parei com os chamegos e pedi que então a Lih viesse para perto de nós, que sentasse conosco. A mulata disse para não ficarmos bravos com algo tão natural e sem intenção de ofender, dando a entender que a Lih desaprovava a troca de carinho por ver nela uma intenção que a feria, mas esse ato tinha um significado complemente distinto. De alguma forma, aquilo complementava ao invés de afrontar. A Lih levantou-se e sentou-se no sofá de nosso lado esquerdo.

Saindo do hotel, descemos uma escada em dois lances. Havia um café aberto no pé da escada, com mesas e pessoas comendo. Éramos em quatro: eu, a Lih e duas mulheres. A Lih saiu em disparada com uma das mulheres e já estava longe, dobrando uma esquina, sumindo numa rua de comércio obscura. E ainda estava no café, debaixo do mezanino que servia de varanda ao hotel. Eu e a outra mulher queríamos correr atrás da Lih, mas eu carregava uma jarra de suco vazia e limpa, de vidro. Não queria carregar aquilo, pois me atrapalhava, me impedia de seguir adiante, mas eu não sabia o que fazer com ela.

Eu e a Lih caminhávamos. Havia um lago, grama e um muro ou cerca viva de um dos lados do passeio. Eu não lembrava o que já tínhamos feito ou que ainda faríamos. Perguntei-lhe se tínhamos viajado ao interior e vivido aquelas aventuras, pois não lembrava. Estava confuso quanto à ordem cronológica das coisas. Acho que a Lih disse que já tínhamos feito tudo aquilo sim e que agora seria outro programa. Continuamos caminhando pela rua que me era muito familiar e agradável e acabou que chegamos no aeroporto. Ele estava à nossa esquerda e era um prédio muito novo e lindo e com ares tecnológicos. Sua arquitetura era moderna e arrojada.

Acordei.

sonho_aeroporto

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s