Crônicas

Sonho: angústia (dream: anguish)

No sonho de hoje, primeiro de agosto, quarta-feira, senti muita angústia! Lembro-me apenas de uma cena. Eu estava no jardim da frente da casa em que cresci. Penso que estava acompanhado, talvez pela Lih. Um grupo de pessoas vem pela rua, deviam ser cerca de oito pessoas. Acho que primeiro elas desceram pela rua até… Continue reading Sonho: angústia (dream: anguish)

Reflexões

Quem eu sou?

Lih, não se joga fora a identidade que você criara em função das circunstâncias, das pessoas, dos relacionamentos... Ela é importante na sua vida! Talvez ela precise apenas ceder espaço para outras expressões de você mesma. "Quem eu sou?" tem mais de uma resposta e nenhuma está errada; e talvez nenhuma esteja certa. Você, assim… Continue reading Quem eu sou?

Crônicas

Sonho: discussão

O sonho de hoje foi simples e tenso. Uma única cena. Num restaurante, quiçá cá em Taubaté, estávamos eu, minha mãe, meu irmão e sua esposa. A mesa era quadrada, pequena, de madeira dessas pintadas de marrom escuro. Entrando no restaurante, virando à esquerda e andando um pouco chega-se à mesa, à direita. Apenas uma… Continue reading Sonho: discussão

Crônicas

Sonho: adversidades

Sonhei. Acordei. Não consegui levantar de tanta consternação pelo sonho. Rolei na cama adormecendo e acordando na hora e meia seguinte. São fragmentos. Eu estava numa sala. Parecia um quarto de dormir de uma criança. Não havia, no entanto, nada físico que induzisse a essa caracterização, apenas uma sensação. No quarto, havia uma espécie de… Continue reading Sonho: adversidades

Reflexões

Raiva e ódio (anger and hate)

Há uma semana e meia, mais ou menos, fui assolado por uma raiva e um ódio enormes! Raiva e ódio de tudo e de todos! Um desejo forte de auto-comiseração e auto-destruição imploravam para emergir. A Lih sempre quis que eu expressasse minhas emoções. Dessa vez, então, fiz diferente e mostrei-lhe falando sobre elas. Abandonei… Continue reading Raiva e ódio (anger and hate)

Crônicas

Sonho: fazendo as pazes

Eu havia sonhado e, então, o sonho acabou e eu acordei. Acordei no horário de sempre, 5h29, mesmo com o despertador ligado. Pensei que perderia o sono e desperdiçaria as duas horas a mais que eu tinha nesse dia para dormir. Mas, adormeci e sonhei novamente. Quando despertei, poucas lembranças do sonho permaneciam retidas na… Continue reading Sonho: fazendo as pazes

Viagem

Patagônia

Minha médica homeopata uma vez me disse que toda a viagem para fora, em realidade, é uma viagem para dentro. Quando comecei essa viagem à Patagônia chilena, queria que ela fosse um encontro direto com minhas emoções! Que eu aprendesse a sentir! Encontrei o que desejava, mas de uma forma completamente surpreendente. Em Torres del… Continue reading Patagônia

Crônicas

Sonho sequestrado (hijacked dream)

Nessa noite, tive o seguinte sonho: eu estava na casa de minha mãe, aonde cresci. De alguma forma, o quintal parecia ser uma pequena vila, pobre e humilde, com casas empilhadas de cor de areia. Após caminhar pela vila, entrei na casa de minha mãe. Estavam lá ela, minhas duas irmãs e minha noiva (apesar… Continue reading Sonho sequestrado (hijacked dream)

Crônicas

Sonho (dream)

Eu me lembro de alguns trechos do sonho, que me parecem seu começo e final. O tema era sobre um ser vivo desconhecido de todos; no sonho, ele era uma espécie de extraterrestre. Se a memória não e o ego não me enganam, ele era de estatura baixa, menor que uma criança de seis anos… Continue reading Sonho (dream)